Reiki como

"A arte secreta de convidar a Felicidade"

Mais do que uma terapia complementar e integrativa, o Reiki é um caminho de desenvolvimento pessoal e uma filosofia de vida.
Possível de ser aprendido para promover o autoconhecimento, o equilíbrio pessoal, a harmonia no dia a dia e a autocura, o Reiki é benéfico como recurso integrado e forma complementar a outras abordagens terapêuticas.

Enquanto terapia holística e como arte de cura e filosofia de vida, traz consigo alguns ensinamentos que, se respeitados e praticados, prolongam seus benefícios e os efeitos da cura que proporciona, atuando em todos os corpos subtis : físico, mental, emocional, espiritual etc.

São os cinco princípios do Reiki, que não devem ser interpretados como uma cartilha de regras ou leis do Reiki, e sim como algo mais profundo, um convite à reflexão de nossos próprios atos e da nossa própria conduta no quotidiano, é algo que nos leva a uma evolução pessoal e, por conseguinte, coletiva.

Os princípios do Reiki são cinco frases que foram selecionadas por Mikao Usui (Criador do Reiki), de poemas do imperador Meiji. Sensei Usui dizia que esses cinco princípios, em japonês, Gokai, são essenciais para alcançar a verdadeira felicidade.

Recitar o Gokai, em meditação, gera um poder realizador ampliado, estimulando a atitude e consciência no dia dia. Pensar, falar e agir com coerência e sabedoria é arte do bem viver em plenitude e felicidade, sintoniza com os propósitos da alma, mantendo dessa forma o equilíbrio e a harmonia do corpo, mente e espirito.

Podemos dedicar-nos aos princípios do Reiki, como valiosas ferramentas de autoconhecimento, auto-observação e autodesenvolvimento na jornada de evolução da consciência que se faz passo a passo.

  1. Só por hoje , deixo de irritar-me, posso estar em paz.

Entender a raiva como uma energia de força vital, porém direcionada para um processo improdutivo ou destrutivo é chave.

F= R – E é uma antiga formula filosófica que diz: Felicidade é igual Realidade menos Expectativa.

Ora, a frustração relacionada à não satisfação de desejos e expectativas, à ativação de memórias de dor, conscientes ou inconcientes. A rejeição expressa-se em irritação ou raiva.

De novo, o empenho na observação de si, no autoconhecimento, abre o caminho de transformação da raiva em harmonia. Poder dar-lhe uma direção produtiva e criativa, sem que, para isso, exploda ou imploda com ressentimentos angustiantes.

Ao senti-la, (a raiva) – STOP! Uma tomada de consciência dessa força . Apropriar-se da oportunidade dessa perceção, respirar, para então dar vazão.

Afirmação: Só por hoje sou calmo

 

  2. Só por hoje, deixo de preocupar-me pois estou presente e confio.

A preocupação resulta da sensação de separação da totalidade do universo. Pré ocupar-se relaciona-se a falta de confiança no fluxo da vida, aos medos e inseguranças. Compensada por uma ideia de estar numa torre de comando apenas contamina a sintonia e a perceção do propósito e caminho do individuo.

Na pré-ocupação parte da energia é projetada no futuro, drenando a presença e a criatividade para responder e desfrutar ao momento atual ou ainda para responder ao que este momento solicita. Diante de um problema ocupar-se ao invés de pré-ocupar-se.

Afirmação: Só por hoje confio

  3. Só por hoje  estou em atitude de gratidão e aceito minhas bênçãos.

Viver num estado de gratidão nos transporta do estado vicioso da miséria para o circulo natural abundância. Transforma um padrão de reclamação, medo da falta, crenças de escassez em conduta de reconhecimento dos recursos e bênçãos disponíveis em cada momento. É uma abertura para ver as inúmeras dádivas da vida, instante a instante.

 

Agradecer a tudo constantemente, traz consigo não só a aceitação, mas o acolhimento da vida como ela é .

Afirmação: Só por hoje sou grato.

 

  4.  por hoje, sou dedicado em todas as minhas ocupações.

Saber que posso fazer o melhor que sei, com as condições que tenho em cada momento, trabalhar honestamente, consigo e com o outro, é fazer o que se ama ou amar o que se faz, exercitando a presença, com totalidade na ação.

Deixar de fazer as coisas de qualquer jeito, realizando com profundo respeito e impecabilidade. Alem do trabalho e ocupações no mundo, este principio é um convite ao trabalho interno constante e diligente.

Afirmação: Só por hoje, trabalho honestamente.

 

  5.  por hoje sou gentil com todos.

Amo e respeito os meus pais, mestres, ancestrais e todas as formas de vida. Todas as formas vivas provêm da mesma fonte essencial. A vida merece respeito.

Aprender a amar-se, reconhecendo a divindade em si, expressa-se no respeito por tudo e por todos. A ordem interna mostra-se na ordem externa. Amar-se, estende-se a todas as formas de vida em cada expressão: o planeta terra, a água, o fogo, o ar, os animais, os vegetais, os seres humanos.

Afirmação: Só por hoje, sou gentil e bondoso com todos.

 

Para praticar os cinco princípios não é preciso ser reikiano sintonizado, já que não vai usar a técnica em si, mas apenas praticar a filosofia Reiki, que nada mais é que um chamado a questionar de forma profunda a sua própria conduta, e a abandonar costumes antigos e hábitos prejudiciais. E, assim, descobrir a sua verdadeira felicidade.

Suzana Soares

Mestre Reiki

Hipnoterapeuta